Art Traço utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência de acordo com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso, e ao continuar navegando você concorda com estas condições.

Conheça os modelos de piso tátil existentes!

Piso Tátil

Tanto na arquitetura quanto no planejamento geral das cidades, um dos temas mais visados têm sido a acessibilidade em ruas e calçadas. No Brasil, as prefeituras têm atuado de maneira mais incisiva para melhorar o acesso e o trânsito de pessoas com deficiência nas vias de circulação. 

Em 2004, foi lançada uma norma técnica que incentiva a acessibilidade em edificações, mobiliários e espaços urbanos gerais, essa norma é a ABNT NBR 9050. Ela contribui para o melhoramento em relação às necessidades especiais das pessoas com deficiência visual ou que possuem baixa visão. 

Como solução à norma, foi desenvolvido o piso tátil adaptável às ruas e calçadas, composto por material pré-moldado de concreto, que auxilia na locomoção de pessoas com deficiência visual.

Se você quer entender melhor o que é o piso tátil e qual a sua importância para a criação de espaços acessíveis, acompanhe a matéria completa a seguir.

O que é um piso tátil?

O piso tátil é composto por revestimentos com diferentes texturas e cores, e possui formato em alto relevo para facilitar a entrada e movimentação dos deficientes visuais. Essas obras são combinadas com o piso do local para se destacar do piso de forma a orientar o caminho a ser percorrido. 
O piso tátil foi desenvolvido no Japão para uso em plataformas de trens e metrô e rapidamente alcançou a Europa, onde ganhou força como uma solução moderna, simples e econômica para inclusão e acesso de deficientes visuais. Esses pisos possuem medidas padronizadas entre placas de 25 x 25 cm, 50 x 25 cm e 50 x 50 cm. Em total contraste com os revestimentos para pisos, as cores brilhantes do piso tátil ajudam as pessoas com baixa visão e as ajudam a determinar com mais facilidade o caminho a seguir. O desenho do piso tátil deve fazer parte do layout do revestimento do piso, levando em consideração a usabilidade do usuário, de forma a sinalizar obstáculos e orientar o deficiente da forma mais clara possível. Para atingir esse objetivo, dois tipos de pisos táteis podem ser usados:

Piso tátil direcional

O piso tátil direcional é composto por faixas verticais paralelas em alto relevo que indicam o caminho ao qual deficiente visual deve seguir, para acessar espaços como:

  • Corredores;
  • Calçadas;
  • Entradas de estabelecimentos;
  • Plataformas de transporte público etc.


É importante que o piso tátil seja preenchido de maneira enfileirada em sequência para garantir a segurança do deficiente visual. O piso tátil direcional não deve levar o usuário a caminhos fechados ou paredes, nem apresentar obstáculos ao longo de sua extensão.

 

Piso tátil de alerta

O piso tátil de alerta é utilizado para indicar a existência de um obstáculo à frente. Esse modelo possui bolinhas que marcam sua textura, é posicionado de forma transversal ao piso tátil direcional, sinalizando obstáculos como, por exemplo:

  • Catracas;
  • Portas de elevadores;
  • Plataformas de transporte público;
  • Entradas e saídas de lojas;
  • Escadas.

Com o fortalecimento das questões de acessibilidade na cidade e em suas edificações, cada vez mais estabelecimentos investem na colocação do piso tátil em suas dependências. Ao optar pela instalação dos pisos, é importante estar atento à qualidade do material e também à sua resistência, relativos à intempéries, chuvas, alto impacto como a passagem de pedestres. A acessibilidade e a locomoção em segurança são um direito do cidadão, a utilização do piso tátil é indispensável, garantindo a autonomia de usuários com deficiência visual e baixa visão.

Agora que você já conhece a importância do piso tátil e os modelos disponíveis, instale agora mesmo em seu estabelecimento! Confira nosso catálogo de produtos.
 

COMPARTILHE ESTA PUBLICAÇÃO